notícias

PM localiza bando da Bahia que assaltava bancos em MG e mata quatro

PM localiza bando da Bahia que assaltava bancos em MG e mata quatro

08

novembro

Quatro integrantes de uma quadrilha especializada em assalto a bancos foram mortos na tarde desta terça-feira (7) durante uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM) em um matagal entre as cidades de Almenara e Rubim, no Vale do Jequitinhonha. A identidade dos criminosos ainda não foi divulgada, mas a corporação informou que eles são de Porto Seguro, na Bahia. Um outro bandido, de 23 anos, que estava escondido com o bando na mata, tentou fugir antes da troca de tiros, quando percebeu a chegada da polícia. Ele correu em direção a uma estrada e, no caminho, furtou um inseticida que estava em uma propriedade. Quando chegou à via, o criminoso conseguiu carona com o motorista de uma kombi que passava pelo local. Ele enganou o condutor ao dizer que era funcionário de uma empresa de dedetização. No entanto, os militares abordaram o veículo e conseguiram identificar o homem, que foi preso em flagrante. Segundo a PM, os cinco integrantes da quadrilha eram procurados desde a madrugada do último sábado (4), dia em que eles se preparavam para explodir caixas eletrônicos de um banco da cidade. No momento em que o grupo seguia em um carro para uma agência bancária no centro do município, uma viatura da corporação passou pelo veículo dos bandidos. Os criminosos atiraram contra os militares e fugiram em direção a Almenara, que fica a cerca de 40 km de distância de Rubim. Com a fuga do bando, a PM iniciou uma operação de cerco e bloqueio em 16 cidades da região. Os policiais de Rubim e de Almenara ainda contaram com o apoio de uma helicóptero da corporação e de militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), de Belo Horizonte. Os policiais encontraram os bandidos nesta terça escondidos em uma mata próxima à comunidade conhecida como Baixão. No local, foram apreendidas as seguintes armas que estavam com o grupo: dois fuzis 762, modelo AK-47, uma submetralhadora 9 mm, uma espingarda calibre 12, três pistolas 9 mm e uma pistola .40. Além de treze coletes à prova de balas, material explosivo caseiro e máscaras de gás. O homem de 23 anos está preso em Rubim e deve ser ouvido na delegacia de Almenara. A Polícia Civil foi procurada pela reportagem na noite desta terça, mas ainda não divulgou informações sobre o caso.

visitante

3 9 0 5 6

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar